O que é a Pedagogia Logosófica? 

Em que se baseia? 

Que resultados pode apresentar ao mundo? 

Perguntas como estas surgem para quem entra em contato com os recursos da Logosofia, ou ainda com quem compartilha dos inúmeros resultados já comprovados por milhares de crianças, jovens e adultos que se beneficiaram com sua aplicação. 

São perguntas frequentes, mas posso dizer que não é fácil explicar o que é e o que pode realizar o educador com o auxílio da Pedagogia Logosófica. Penetrar em seus segredos implica penetrar na própria vida. 

Começaria dizendo que a Pedagogia Logosófica é uma linha pedagógica original, que traz em sua concepção conhecimentos que possibilitam conhecer e dominar de maneira consciente as grandes prerrogativas de que é dotado o ser humano.  Ela destaca-se por integrar uma nova geração de conhecimentos que atuam diretamente nas causas, favorecendo a formação integral e abrangendo os múltiplos aspectos da vida, de ordens moral, mental e espiritual. 

É uma pedagogia que apresenta conhecimentos que transcendem a esfera comum e que reeducam o homem, propiciando a realização do processo de superação e de aperfeiçoamento individual, começando por um dos grandes objetivos da Ciência Logosófica: “O conhecimento de si mesmo, que implica o domínio dos elementos que constituem o segredo da existência de cada um.” Curso de Iniciação Logosófica, parágrafo 19. 

A Pedagogia Logosófica pode ser explicada de muitas formas, por atingir o interno de cada indivíduo de uma determinada maneira, o que resulta na conexão com os ideais e no desabrochar de um novo educador em cada um. 

Veja o que nos falam, em poucas palavras, os educadores: 

A Pedagogia Logosófica promove a vida consciente, com Gizella Yamara de Almeida de Uberlândia MG

Como me Aproximei da Pedagogia Logosófica, com Luciana Paludo de Chapecó SC

Três Campos do Desenvolvimento Consciente do Discente, com Paula Lannes do Rio de Janeiro RJ

Eu também falei de forma geral sobre esta Pedagogia no vídeo:

03:32 1099

Uma das particularidades mais relevantes desta Pedagogia é a de educar para a vida, o que, segundo Pecotche, pode ser definido da seguinte maneira:

“Educar para a vida é considerar, como um de seus fins primordiais, o aperfeiçoamento de tudo quanto esteja compreendido na existência do ser humano...

“Educar para a vida é considerar, como um de seus fins primordiais, o aperfeiçoamento de tudo quanto esteja compreendido na existência do ser humano, promovendo a eliminação das deficiências pela correção consciente dos erros, e despertando nos seres o afã de superação por força da natural aspiração de servir à humanidade em posições que permitam um maior e melhor aproveitamento das energias internas, dedicadas a obras de bem e de profundo sentido humano e espiritual.” Coletânea da Revista Logosofia – Tomo 1 p. 167 

Sendo assim, o trabalho eminentemente construtivo da Pedagogia Logosófica trata de aspectos importantes sobre o funcionamento do sistema mental, das suas faculdades, dos pensamentos, do sistema sensível, da sensibilidade, das faculdades sensíveis, do sistema instintivo, do mecanismo da vontade. Ao favorecer ao educando conhecer sua realidade interna, propicia que ele vincule esses conhecimentos à própria vida. 

Desde pequenos, os alunos podem — e devem — ter contato com a realidade interna do ser humano. Vejam como podem conhecer sobre seus pensamentos e sobre sua sensibilidade nas palavras de outras educadoras, começando pela experiência “Superação! Quem ganha com isso?” contada pela Sabrina Variani:

02:09 479

Conheça também outras experiências relacionadas:

Estimulando as Faculdades do Sistema Sensível, com Susana Lazzarotti de Chapecó SC

Mudando os Pensamentos, Mudamos a Vida, com Beatriz Sauerbronn de Goiânia GO

Para isso, aplica-se o Método Logosófico, que requer “experimentar o que se estuda e estudar o que se experimenta,” bem como uma constante atenção e vigilância de tudo o que ocorre dentro de si, no intuito de obter uma capacitação gradual das potências internas e de edificar um futuro melhor sobre bases sólidas em que se é participante ativo das mudanças em sua psicologia, caráter e temperamento. 

Os conhecimentos, técnicas e recursos que a Pedagogia Logosófica apresenta favorecem a formação do caráter de crianças, adolescentes e adultos, que vão sentir um impulso em suas energias internas. Isso possibilita que alcancem valores essenciais e sintam a aspiração de serem melhores, conquistando a paz, a felicidade e a construção de um destino mais venturoso. 

Em que se baseia a Pedagogia Logosófica? 

O trabalho realizado dentro da Pedagogia Logosófica baseia-se em duas forças: o conhecimento e o afeto. O conhecimento alimenta a mente humana, e o afeto, por sua vez, é a expressão mais elevada e consciente do amor. Aquele que se propõe aplicar as diretrizes desta Pedagogia sente-se constantemente estimulado ao cultivo de valores internos e à prática do bem.

O principal fundamento do trabalho pedagógico são os conceitos originais apresentados pela Logosofia, relativos ao ser humano, a Deus, às Leis Universais, à vida, liberdade, às defesas mentais, aos pensamentos, sentimentos, entre tantos outros. Esses conceitos, se seguidos, orientarão a conduta, as palavras e os atos, contribuindo para que a convivência consigo mesmo e com os semelhantes seja cada vez mais elevada.

A proposta desta linha pedagógica é também a de formar um ambiente propício ao ensino e à aprendizagem, onde se cultivem qualidades morais e éticas, a exemplo de respeito, alegria, tolerância, serenidade, ajuda sincera, liberdade, estímulo ao saber, experimentados por quem educa e por quem é educado, evidenciando o grande bem que a Pedagogia Logosófica constitui para todos.

Conheça sobre “como estimular a confiança em si mesmo desde cedo“, na experiência relatada pela Katrine Machado, de Chapecó:

02:43 528

Aqueles que se acham envolvidos neste trabalho são conscientes de que se encontram ainda realizando as primeiras investigações e experiências sobre uma concepção cujo alcance vai muito além do já realizado pela atual geração de educadores, mas também possuem a consciência de que os frutos de sua ação pedagógica vão se mostrando tanto maiores quanto melhor tenha sido a assimilação e prática desses novos conhecimentos. 

Esse trabalho deve ser feito interpenetrando-se os conhecimentos transcendentes em toda a prática pedagógica na escola com a vida de cada um – seja o professor, o aluno e até mesmo a família. Comumente se atende aos aspectos psicológico, moral e espiritual como uma matéria a mais no conjunto dos estudos que a criança e o jovem devem realizar, mas a Pedagogia Logosófica propõe que esse trabalho abarque tudo ou, em outras palavras, deve-se criar e aproveitar todas as oportunidades, seja na aula de Matemática, de Geografia, de História ou outra qualquer. 

Segundo as orientações de González Pecotche, a infância e a juventude devem receber –  juntamente aos estudos dos programas regulares – uma ilustração clara e precisa sobre os conceitos transcendentes. Eles deverão concretizar-se em conhecimentos para sua vivência e em uma orientação da conduta assimilada de forma experimental e viva, de acordo com os elevados princípios éticos, apresentados de forma singular e clara pela ciência logosófica.   

O educador pode, por meio de imagens analógicas, de gráficos, relatos, músicas, produções artísticas, entre outros recursos, vincular todo o conteúdo ensinado com a vida interna. 

Os alunos devem ser orientados para uma atividade útil, construtiva e feliz, de caráter transcendente, que permita iniciar sua evolução espiritual e transformar cada um deles em um colaborador da humanidade. 

Quer conhecer alguns destes recursos na prática? Vejam os relatos dos educadores abaixo: 

A Análise de Experiências como Fator de Êxito para a Educação Infantil, com Mariana Almeida de Uberlândia MG

Estímulos Naturais e Positivos, com Tatiana Moro de Uberlândia MG

Dias de Sol, Dias de Chuva!, com Debora Bortoloto Da Silva de Chapecó RS

Os estudos realizados são inúmeros, e poderíamos sintetizar esta magistral Pedagogia nos seguintes Enunciados: 

ENUNCIADOS DA PEDAGOGIA LOGOSÓFICA – aplicada nos centros educativos. 

Origem e Fundamento: 

A Pedagogia Logosófica tem sua origem na Logosofia, ciência criada pelo educador e humanista argentino Carlos Bernardo González Pecotche, que apresenta uma clara concepção do ser humano, do Universo e das Leis que regem toda a Criação. 

Projeções: 

Educa para a vida consciente e promove o conhecimento de si mesmo e o desenvolvimento biopsicoespiritual. Por efeito da ação conjunta do conhecimento e do afeto, vai além da formação curricular e propicia o cultivo de valores permanentes para a vida. 

Aplicação: 

Com a aplicação do Método Logosófico, o docente pode realizar um processo de evolução consciente, e o aluno, um processo de superação. Num ambiente favorável ao aperfeiçoamento, o ser descobre seu mundo interno, aprende a identificar e selecionar os pensamentos, cultiva os sentimentos e amplia a vida. 

Que resultados pode apresentar ao mundo?

Para saber mais, aguarde a atualização deste conteúdo nas próximas semanas.

1º Congresso de Pedagogia Logosófica

Há mais de 60 anos tem-se realizado a aplicação da Pedagogia Logosófica especialmente nas escolas logosóficas, com resultados muito positivos tanto para quem ensina como para quem aprende. O 1º Congresso Internacional de Pedagogia Logosófica veio apresentar justamente essas experiências e resultados, em uma perspectiva de educação voltada para a formação integral do ser humano, em sua constituição física, psicológica e espiritual. 

O participante do Congresso conheceu:  

  • uma Pedagogia que vai além da formação curricular;
  • uma forma de educar para a vida consciente;
  • uma educação que se inicia no próprio educador;
  • uma perspectiva de educação voltada para a formação integral do ser humano;
  • muitos educadores que buscam a construção de um mundo melhor;
  • muitas experiências e resultados da aplicação da Pedagogia Logosófica.

Pedagogia Logosófica

Ao longo do Congresso, foram feitas diversas entrevistas. A seguir, você assiste uma delas, feita com a Simone, ex-aluna da primeira turma do Colégio Logosófico de Belo Horizonte. Ela conta que encontrou um ambiente adequado para superar suas dificuldades e cheio de afeto para estimular corretamente seus sentimentos.

04:41 197